A Montanha Mágica

Legião Urbana

Sou meu próprio líder, ando em círculos
Me equilibro entre dias e noites
Minha vida toda espera algo de mim
Meio-sorriso, meia-lua, toda tarde

Minha papoula da Índia
Minha flor da Tailândia
És o que tenho de suave
E me fazes tão mal

Ficou logo o que tinha ido embora
Estou só um pouco cansado
Não sei se isto termina logo
Meu joelho dói
E não há nada a fazer agora

Para que servem os anjos?
A felicidade mora aqui comigo até segunda ordem
Um outro agora vive minha vida
Sei o que ele sonha, pensa e sente
Não é coincidência a minha indiferença
Sou uma cópia do que faço
O que temos é o que nos resta
E estamos querendo demais

Minha papoula da Índia
Minha flor da Tailândia
És o que tenho de suave
E me fazes tão mal

Existe um descontrole, que corrompe e cresce
Pode até ser, mas estou pronto pra mais uma
O que é que desvirtua e ensina?
O que fizemos de nossas próprias vidas

O mecanismo da amizade
A matemática dos amantes
Agora só artesanato
O resto são escombros

Mas é claro que não vamos lhe fazer mal
Nem é por isso que estamos aqui
Cada criança com seu próprio canivete
Cada líder com seu próprio 38

Minha papoula da Índia
Minha flor da Tailândia

Chega, vou mudar a minha vida
Deixa o copo encher até a borda
Que eu quero um dia de sol
Num copo d’água

Álbum: V
Gravadora: EMI Odeon

V é o quinto álbum da banda brasileira de rock Legião Urbana, lançado em 1991. O álbum reflete duas situações: a crise econômica causada pelo então Plano Collor e a dependência química do vocalista da banda, Renato Russo.

Lançamento: 15 de dezembro de 1991
Produtor: Mayrton Bahia

Nota do editor:

O álbum que mais se parece com uma síntese do trabalho da Legião Urbana, na minha opinião. E esta música em especial, é algo que mostra que o Renato Russo tinha mesmo uma capacidade de contar histórias longas em canções carregadas de significado e poesia. Sem perder a relevância como música. É uma das mais músicas longas da Legião, e muda de ritmo algumas vezes no decorrer da letra, igualmente à Metal Contra As Nuvens.

Álbum V da Legião Urbana