Cai a Noite

Capital Inicial

Cai a noite na cidade
Vinda de lugar nenhum
E o dia vai embora
Indo pra lugar algum

Não sentia fome
Não sentia frio
Sentado num canto
De um quarto vazio

Quando a chuva cai
Nas noites mais solitárias
Lembre-se que sempre

Sombras e pensamentos
De um sonho só esperança
Nas paredes ecoavam
O silêncio e a lembrança

Entre ruas desertas
Ele está só de passagem
Na vertigem e tontura
Surgiam todo tipo de imagem

Quando a chuva cai
Nas noites mais solitárias
Lembre-se que sempre
Estarei aqui
Quando a chuva cai
Nas noites mais solitárias
Lembre-se que sempre

Se virou e alcançou o céu
E a última estrela
Nada deixava passar
Tudo lembrava ela

Quando a chuva cai
Nas noites mais solitárias
Lembre-se que sempre
Estarei aqui
Quando a chuva cai
Nas noites mais solitárias
Lembre-se que sempre

Álbum: Acústico MTV – 2000
Gravadora: Abril Music

Neste álbum acústico temos incluídas algumas músicas que fizeram sucesso em outros trabalhos da banda como “Tudo Que Vai”, “Natasha”, “Primeiros Erros (Chove)”, “Cai a Noite”, “Independência” e “Fogo”.

Lançamento: março de 2000
Produtor: Marcelo Sussekind

Nota do editor:

A banda Capital Inicial sempre se reinventa e ressurge emplacando sucessos novos e outras versões de sucessos passados. Músicas essas que sempre continuam passando de geração a geração. Preferi inserir esse vídeo da música ao vivo para que eles passem um pouco da energia da banda.

Álbum Que país é este, da Legião Urbana