Eu Me Amo

Ultraje a Rigor

Há tanto tempo eu vinha me procurando
Quanto tempo faz, já nem lembro mais
Sempre correndo atrás de mim feito um louco
Tentando sair desse meu sufoco
Eu era tudo que eu podia querer
Era tão simples e eu custei pra aprender
Daqui pra frente nova vida eu terei
Sempre a meu lado bem feliz eu serei

Eu me amo, eu me amo
Não posso mais viver sem mim

Como foi bom eu ter aparecido
Nessa minha vida já um tanto sofrida
Já não sabia mais o que fazer
Pra eu gostar de mim, me aceitar assim
Eu que queria tanto ter alguém
Agora eu sei sem mim eu não sou ninguém
Longe de mim nada mais faz sentido
Pra toda vida eu quero estar comigo

Eu me amo, eu me amo
Não posso mais viver sem mim

Foi tão difícil pra eu me encontrar
É muito fácil um grande amor acabar, mas
Eu vou lutar por esse amor até o fim
Não vou mais deixar eu fugir de mim
Agora eu tenho uma razão pra viver
Agora eu posso até gostar de você
Completamente eu vou poder me entregar
É bem melhor você sabendo se amar

Álbum: 18 Anos sem Tirar! – 1996

Gravadora: Deckdisc/Abril Music

A banda paulista Ultraje a Rigor, gravou este álbum ao vivo no Aeroanta, em Curitiba (Paraná), no mês de agosto de 1996. Mas só foi lançado em 1999, trazendo grandes sucessos da banda, como as músicas “Inútil”, “Nós Vamos Invadir Sua Praia”, “Ciúme”, “Pelado”, além de quatro canções inéditas, gravadas em estúdio, e que abrem o disco: “Nada a Declarar”, “O Monstro de Duas Cabeças”, “Preguiça” e “Giselda”.

Lançamento: 1999

Produção: Rafael Ramos, Rick Bonadio

Nota do editor:

Como as outras bandas que surgiram nos anos 80 e 90, estes rapazes paulistanos, são despojados e falam sobre tudo em suas músicas, sem nenhum pudor e um humor sarcástico. O álbum ganhou o disco de ouro, devido ao grande sucesso dasmúsicas “Nada a Declarar” e “O Monstro de Duas Cabeças”.

Álbum Que país é este, da Legião Urbana