Só As Mães São Felizes

Barão Vermelho

Você nunca varou
A Duvivier às cinco
Nem levou um susto
Saindo do Val Improviso

Era quase meio-dia
Do lado escuro da vida
Nunca viu Lou Reed
Walkin’ on the wild side
Nem Melodia transvirado
Rezando pelo Estácio
Nunca viu Allen Ginsberg
Pagando um michê na Alaska

Nem Rimbaud pelas tantas
Negociando escravas brancas

Você nunca ouviu falar em maldição
Nunca viu um milagre
Nunca chorou sozinha dentro de um banheiro sujo
Nem quis ver a face de Deus

Eu já frequentei grandes festas
Nos endereços mais quentes
Tomei champanhe e cicuta
Ouvindo comentários inteligentes

Mais triste do que de uma puta
No Barbarela às 15 pras 7
Já reparou como os velhos
Vão perdendo a esperança
Com seus bichinhos de estimação e plantas

Eles já viveram tudo
E sabem que a vida é bela

Já reparou na inocência cruel das criancinhas
Com seus comentários desconcertantes
Elas adivinham tudo
E sabem que a vida é bela

Você nunca sonhou
Em ser currada por animais
Nem transou com cadáveres
Nunca traiu o teu melhor amigo
Nem quis comer a sua mãe

Só as mães sãos felizes
Porque nos dão a vida
Só as mães são felizes
Porque podem nos dar a vida

Você nunca ouviu falar em maldição
Nunca viu um milagre
Nunca chorou sozinha dentro de um banheiro sujo
Nem quis ver a face de Deus
Só as mães são felizes

Álbum: [email protected]ão vermelho – 1996

Gravadora: WEA

O álbum [email protected]ão vermelho é o décimo disco da banda onde todas as faixas são versões cover de vários artistas escolhidos por eles. Obtiveram um número grande de vendas deste trabalho. O álbum traz ainda as músicas Vem Quente Que Eu Estou Fervendo, Amor Meu Grande Amor, Só Pra Variar e outras muito cantadas ainda.

Lançamento: 1996

Produtor: Barão Vermelho e Ezequiel Neves

Nota do editor:

Neste trabalho a banda trouxe para seus fãs, interpretações de músicas que fizeram sucesso com outros artistas; inclusive com Cazuza ex-integrante da banda e falecido. Como sempre cantam músicas que tocam seu público e também descontraem a todos.

Álbum Que país é este, da Legião Urbana